Barreira de transporte de produtos perigosos e fiscalização de fauna é realizada na BR 101 Norte
Fonte: Envolverde/Ibama, Luciana Carvalho - Ibama

O Comitê de Emergências Ambientais e o Núcleo de Fauna do Ibama ES realizou durante toda a quinta feira (14/10/2009) uma barreira fiscalizatória para verificar o transporte de produtos perigosos e tráfico de animais silvestres na BR 101 Norte. O ponto escolhido para a ação foi estratégico pois corta uma Unidade de Conservação Federal (Reserva Biológica de Sooretama) e uma Unidade de Conservação Particular (Reserva Natural da Vale).

Foram R$ 112.800,00 aplicados em multas. O crime mais cometido pelos veículos parados foi a falta de Licenciamento Ambiental e registro no Cadastro Técnico Federal . Um passageiro, que estava em um dos 10 ônibus parados na barreira, foi multado em R$ 1mil pois estava transportando fauna abatida, um tatu e uma paca, os animais estavam na bagagem do autuado.

Segundo os fiscais, foram parados durante a barreira 250 veículos. Todos os autuados nesta ação possuem 20 dias para apresentarem suas respectivas defesas junto ao Ibama. As barreiras, apenas em 2009, já multaram mais de 30 empresas diferentes por falta de licenciamento ambiental e falta de registro do cadastro Técnico Federal. Algumas transportadoras chegaram a ser multadas mais de uma vez neste ano.

Esta ação, a segunda realizada em 2009 na BR 101 Norte, aconteceu com o apoio do Instituto Estadual de Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos - Iema e o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade - ICMBio.

Voltar para Fiscalizações - Produtos Perigosos