Veículos que transportam cargas perigosas são fiscalizados na MG-050.
Fonte: Megaminas

A Polícia Rodoviária Estadual e fiscais do Instituto de Pesos e Medidas (Ipem) fiscalizaram o transporte de cargas perigosas na MG-050. A intenção é aumentar a segurança na rodovia e evitar acidentes.

Os fiscais conferiram os documentos, equipamentos de segurança e as condições do veículo. Preocupação principalmente com os pneus. O trabalho também é criterioso com o tanque da carga. Na MG-050 a fiscalização foi feita com o apoio da Polícia Militar Rodoviária.

A fiscalização é realizada durante todo o ano nas principais rodovias do estado onde é mais frequente esse tipo de transporte. Para evitar que os motoristas fujam da fiscalização, a cada três dias os fiscais trocam o local de parada dos veículos. Apesar do perigo desse tipo de carga, em Minas 30% dos veículos fiscalizados estão irregulares.

A infração mais comum é trafegar com o párabrisa trincado. Um caminhão que transportava combustível de Betim para Itapecerica apresentou quatro irregularidades, sendo uma grave: vazamento no tanque reserva de óleo diesel.

Há seis anos o motorista Reginaldo Rossi transporta oxigênio líquido, produto inflamável. Para ele, os motoristas de carros de passeio também deveriam dirigir com mais segurança.

A fiscalização também foi feita na BR-262.

 

 


Voltar para Fiscalizações - Produtos Perigosos