Defesa Civil apresenta manual de fiscalização de produtos perigosos.
Fonte: Agência de Notícias Estado do Paraná


A Defesa Civil do Paraná apresentou, em 22/09/2009, um guia para fiscalização de transporte de produtos perigosos. O manual, que contém conceitos, legislações específicas e detalhes técnicos, foi explicado e distribuído para membros do Conselho Estadual de Produtos Perigosos.

De acordo com o chefe da Divisão de Defesa Civil da Casa Militar, major Osni José Bortolini, os mais de 30 órgãos que compõem o conselho encontrarão no manual todas as especificações necessárias para a fiscalização de produtos perigosos.

Durante a explicação do manual, feita pelo capitão Wagner dos Santos, da Defesa Civil Estadual, também foram apresentadas estatísticas que mostram diminuição no número de acidentes com produtos perigosos e aumento de fiscalizações. Em 2007, foram registrados 89 acidentes, contra 62 em 2008. O número de fiscalizações, no mesmo período, subiu de oito para 33. Até agosto de 2009, foram 31 acidentes e 21 fiscalizações. O objetivo, de acordo com Santos, é aumentar a meta de fiscalização.

Acidentes e emergências envolvendo produtos perigosos também são tratados no manual. Alguns deles foram descritos na apresentação do major Fernando Schunig, da 4.ª Coordenadoria Regional de Defesa Civil, de Cascavel. Schunig falou sobre o curso de fiscalização e atendimento de emergências envolvendo produtos perigosos ministrado em sua coordenadoria e mostrou irregularidades recorrentes no transporte destes produtos no estado.

Além dos manuais entregues para cada membro do conselho que participou da reunião, outras unidades serão encaminhadas para as coordenadorias regionais de Defesa Civil, que farão a distribuição em suas respectivas regiões.

CONSELHO – O Conselho Estadual de Produtos Perigosos, da Defesa Civil, coordena o trabalho preventivo a acidentes com produtos perigosos. Conta com a colaboração de mais de 30 órgãos e é dividido em oito regionais, que cobrem os 399 municípios do Estado. O Conselho dispõe de um Plano Estadual de Produtos Perigosos, que reúne informações para facilitar as atividades de prevenção e de atendimento aos acidentes.

 

 


Voltar para Fiscalizações - Produtos Perigosos