Fedex aposta em energia alternativa para entrega de remessas nos EUA

Fonte: Maxpress

FedEx Corp. (NYSE: FDX) anunciou a expansão de sua frota de veículos com energia alternativa com os primeiros caminhões de entrega de remessas totalmente elétricos da FedEx, nos Estados Unidos. Quatro caminhões elétricos customizados - otimizados pela operação elétrica total - devem ir para estrada na área de Los Angeles em junho de 2010, unindo-se a mais de 1.800 veículos com energia alternativa já em serviço para a FedEx em todo o mundo.

"A FedEx tem uma história de mudança, tanto pelos serviços inovadores que oferecemos aos nossos clientes, como na forma como oferecemos esses serviços", diz John Formisano, vice-presidente, Veículos Globais, da FedEx Express. "Em 2004, fomos a primeira empresa global a investir em caminhões comerciais híbrido-elétricos, e agora implementamos os caminhões de entrega de remessa totalmente elétricos, que são ainda mais limpos. Ao realizarmos esses investimentos, convidamos outros a unirem-se a nós para que juntos possamos agilizar a transição para um sistema de transporte mais limpo. Em vez de criar sua própria tecnologia proprietária, a FedEx mais uma vez se volta para o mercado buscando estimular soluções que possam ser rapidamente adotadas, a fim de proporcionar um serviço confiável e com preço acessível para uma ampla gama de operadores de caminhões de entrega.

A empresa está comprando seus primeiros veículos norte-americanos totalmente elétricos de dois fornecedores diferentes para avaliar a robustez dessa tecnologia e para avaliar o desempenho, dadas as exigências nas entregas da FedEx Express na área de Los Angeles. A avaliação também busca fornecer informações que ajudem a orientar as compras futuras de veículos para a FedEx. Outros dois veículos elétricos estão sendo comprados de um fabricante diferente, para entrega na área de Los Angeles no final de 2010. Ambos os conjuntos de veículos elétricos foram projetados com um alcance que permite que muitos entregadores da FedEx Express tirem total proveito do turno de oito horas de entrega, antes que seus veículos precisem ser reabastecidos. Um caminhão protótipo totalmente elétrico, da marca FedEx, da Navistar foi lançado em um evento em Chicago, dando início a um tour de demonstração da tecnologia.

O veículo foi operado por clientes, funcionários da FedEx e autoridades locais em várias paradas ao longo da histórica Rota 66, entre Chicago e Los Angeles. O tour "Charge Up Route 66" tem como objetivo homenagear o passado de transporte dos EUA, e a maior facilitação do comércio intermunicipal através do desenvolvimento das primeiras estradas, como a Rota 66. O tour de demonstração do caminhão elétrico foi também planejado para enfatizar uma iniciativa nacional defendida por Frederick W. Smith, presidente, chairman e CEO da FedEx Corp., em um depoimento para um subcomitê do senado americano em fevereiro. Smith exigiu um programa amplo para estimular a eletrificação com preço acessível para o transporte local visando maior produção de energia doméstica, menor dependência do petróleo importado e uma redução geral nas emissões de gases de efeito estufa.

Uma vez na Califórnia, o caminhão elétrico Navistar será apresentado na conferência FORTUNE Brainstorm Green, um evento de liderança ambiental que será realizado entre os dias 12 e 14 de Abril, e contará com a apresentação de Mitch Jackson, vice-presidente de assuntos ambientais e de sustentabilidade da FedEx Corp. Para rastrear a rota dos veículos, visite http://www.fedex.com/electric. "Os caminhões elétricos ainda estão engatinhando, mas acreditamos que eles terão um futuro brilhante no mix de veículos com energia alternativa", afirma Jackson. "Confiabilidade e manutenção são importantes para a FedEx, por causa de nosso compromisso com um atendimento superior ao cliente. Por essa razão, testaremos esses caminhões para ajudar os fabricantes a aprimorarem suas ofertas futuras.

No futuro, enxergamos a possibilidade de reabastecimento de frotas de veículos elétricos com eletricidade de baixa emissão ou emissão zero gerada no local, através de inovações como painéis solares elétricos, como os utilizados nas unidades da FedEx na Califórnia, Nova Jersey e Alemanha ou o Bloom Energy Server, outra tecnologia nova que estamos ajudando a desenvolver, testando-a em nosso hub movido a energia solar em Oakland", conta. A FedEx atualmente opera a maior frota híbrida da indústria de transportes, junto com uma das maiores frotas de veículos com energia alternativa, e está comprometida em melhorar sua eficiência geral de combustível nos veículos em 20% até 2020. A FedEx promoveu junto com o Fundo de Defesa Ambiental o lançamento do desenvolvimento dos primeiros veículos híbrido-elétricos comerciais.

Esta tecnologia híbrido-elétrica está sendo adotada agora por mais de 100 frotas, e a frota de veículos híbridos da FedEx recentemente ultrapassou a marca dos cinco milhões de serviços diários - o equivalente a 200 viagens em torno do Equador. A FedEx também trabalha em conjunto com organizações como a CALSTART, um importante consórcio norte-americano voltado para o crescimento da indústria de tecnologias limpas de transporte para estimular o desenvolvimento de veículos comerciais com energia alternativa prontos para o mercado. "John Formisano atualmente é o chairman da CALSTART, após cinco anos de serviço como membro do conselho.

Voltar para Notícias - Meio Ambiente