Carreta com solução ácida é apreendida pela Polícia Rodoviária

Barra Mansa: Foi apreendida na tarde da última sexta-feira (25/02/11), por policiais rodoviários federais, uma carreta que transportava 34 quilos de sucata de bateria para automóveis com solução ácida. A abordagem aconteceu durante uma fiscalização de rotina que estava acontecendo no Posto da Polícia Rodovia Presidente Dutra. O veículo
seguia do Rio para Uberlândia, em Minas Gerais, quando foi surpreendido.

De acordo com o inspetor Carlos Nogueira, a apreensão ocorreu pelo fato de o produto corrosivo ser considerado perigoso e estar vazando na pista sentido São Paulo. “O veículo apresentava outras irregularidades, mas a pior foi a do vazamento do produto, considerado perigoso. Apreendemos o carro e providenciamos logo sua retirada da pista para evitar o contágio a outros veículos”, explica Nogueira, lembrando que o produto poderia causar vários estragos, como contaminar o meio ambiente, descendo por canaletas localizadas nas margens da rodovia que servem para escoar águas da chuva e atingir rios da Região Sul Fluminense, além de atingir outro carro e trazer consequências graves para os seus ocupantes.

O inspetor ressaltou ainda que o motorista do caminhão, que não teve o nome divulgado, recebeu 11 multas. A carreta foi levada para o pátio do Posto da PRF de Floriano. “O veículo só será liberado depois que o proprietário cumprir todas as exigências, principalmente sobre a questão do vazamento de produto perigoso”, conta.

Nogueira lembra também que a solução que vazou da carreta é a de número 2.794 da lista de produtos perigosos da Organização das Nações Unidas (ONU). “Com dois anos apenas de uso, o caminhão já apresenta sinais de corrosão provocados pelo produto acido”, finaliza.

Fonte: Jornal A Voz da Cidade

Voltar para:
Fiscalizações - Produtos Perigosos