Depressão se torna comum entre médicos de todo o país

São Paulo/SP - De cada dois médicos, um sofre de sintomas de depressão. Esse número assustador está numa pesquisa feita em um hospital público de São Paulo. Mas a realidade mostra que o resultado da pesquisa pode ser ampliado para o resto do país. As pressões do dia a dia transformam médicos em pacientes.

Muitos usam remédios como drogas para suportar a carga de trabalho e a falta de estrutura. É o que mostra Tatiana Chiari na segunda reportagem da série Emergência Médica - Vidas em Perigo, do Jornal da Record.

Fonte: R7 Notícias

 

Voltar para:
Notícias Relações Trabalhistas