Marquises de Juiz de Fora podem abrigar possíveis focos da dengue

Juiz de Fora pode viver uma epidemia de dengue. Os últimos dados divulgados pela Secretaria Municipal de Saúde apontam 287 notificações e 121 casos confirmados. Mas apesar da grande mobilização contra possíveis criadouros do Aedes aegypti, existem locais que podem servir de foco do mosquito. Um deles são as marquises.

Pelo calçadão da Rua Halfeld, no Centro, circulam milhares de pessoas todos os dias. Porém, muitos desconhecem o perigo. As placas avisam que Juiz de Fora está em guerra contra a dengue, mas o perigo está bem próximo de quem passa: nas marquises que acumulam água.

Cansado de ver essa cena se repetir, o comerciante Rodrigo Ubaldo Pereira resolveu denunciar. Em vários pontos comerciais os donos não cuidam das marquises. A água da chuva fica acumulada e vira um possível foco de dengue. Em frente ao Cine Theatro Central são várias nessa situação. Da sacada o comerciante tenta minimizar a situação jogando água sanitária.

Nas marquises do calçadão da Rua São João nada de água acumulada. De olho nesses possíveis focos, a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) quer fazer uma campanha para alertar os comerciantes.

Fonte: Megaminas








Voltar para:
Notícias Cotidiano