Respeito aos direitos trabalhistas cresce no País

Fonte: Revista Proteção

Rio de Janeiro/RJ - O Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada lançou em 19 de janeiro de 2011 o "Sistema de Indicadores de Percepção Social: Direitos Trabalhistas e Qualificação Profissional". A divulgação foi feita em entrevista coletiva no auditório do Ipea no Rio de Janeiro. O indicador mostra a percepção dos brasileiros em relação ao respeito aos
seus direitos e às condições de trabalho. A pesquisa traz dados sobre os temas segurança no trabalho, jornada, discriminação, assédio moral e sexual e violações ao direito do trabalho.

O estudo aponta que a expansão do emprego registrada nos últimos anos no país vem ocorrendo com maior respeito aos direitos trabalhistas. Outro enfoque da pesquisa é o acesso à qualificação profissional. O SIPS - Direitos Trabalhistas e Qualificação Profissional apresenta dados inéditos sobre a importância da qualificação para diversos grupos da população: empregados, pequenos empregadores, trabalhadores por conta própria, desempregados e inativos.

O sistema de indicadores permite ao setor público estruturar suas ações para uma atuação mais efetiva, de acordo com as demandas da população brasileira. As primeiras edições foram sobre justiça, cultura, segurança e gênero. Ainda serão lançadas avaliações sobre mobilidade urbana, saúde e educação. A pesquisa é feita presencialmente. Para a elaboração do indicador, foram ouvidos 2.770 brasileiros em todos os estados do Brasil. A técnica usada é a de amostragem por cotas, que garante representatividade e operacionalidade e mantém a variabilidade da amostra igual à da população nos quesitos escolhidos. A margem máxima de erro por região é de 5%, e o grau de confiança é de 95%.

Voltar para:
Notícias Relações Trabalhistas