Governo diz que 8% dos acidentes de trabalho no Brasil ocorrem no RS

Caxias do Sul registrou 6,3 mil acidentes em 2011, um por hora.
Os acidentes com máquinas agrícolas são os mais graves, diz universidade.

Uma estatística alerta o Rio Grande do Sul. Oito por cento dos acidentes de trabalho registrados no Brasil ocorrem no estado. Conforme o último levantamento do Ministério da Previdência Social, em 2010, foram mais de 58 mil casos no RS.

Segundo a Universidade Federal de Santa Maria, os acidentes com máquinas agrícolas são os mais graves. Dez por cento das vítimas morrem e 25% ficam inválidas. De acordo com o professor José Fernando Schloss, diretor do núcleo de ensaios de máquinas agrícolas, a falta de treinamento dos operadores de máquinas e de equipamentos de segurança nos veículos são as principais causas dos acidentes.

Edson Machado é operador de máquinas agrícolas. No ano passado, ele perdeu um cunhado que tinha a mesma profissão."A gente sempre fica mais atento. Com máquina pesada, tem que prestar atenção", aconselha.

O problema se repete nas indústrias. Em Caxias do Sul, 30% dos acidentes ocorrem em metalúrgicas. Os números do ministério do trabalho revelam que a cidade registrou 6,3 mil acidentes no ano passado, o que representa uma ocorrência por hora.

Mas o que mais preocupa são as mortes. Das quatro registradas este ano na cidade, três foram na construção civil. Por lei, há 35 normas de segurança que, se forem descumpridas, podem resultar em multas. Para o Ministério do Trabalho, 95% dos acidentes poderiam ser evitados. “Tem que esquecer essa ideia de que acidente de trabalho é fatalidade. Não é fatalidade. Normalmente, é pela omissão de alguma regra”, afirma Vânius Corte, gerente do Ministério do Trabalho de Caxias do Sul.

Caxias do Sul deve ser o primeiro município a ganhar até, a metade do ano, uma delegacia especializada em acidentes de trabalho. A intenção é de que os processos resultem em responsabilização criminal.



Fonte: G1



Voltar para:
Notícias - Segurança do Trabalho