Vagas reservadas para deficientes não são respeitadas em shoppings de SP.

O Ministério Público vai assinar com shoppings da capital paulista para, em 30 dias, parte das vagas destinadas aos deficientes seja cercada. O objetivo é evitar a ocupação ilegal dos locais.

Fonte: G1


Voltar para:
Notícias - Cotidiano