PRF fiscaliza cargas perigosas na Dutra
Fonte: A Voz da cidade, 05/02/2009

A Polícia Rodoviária Federal (PRF), com apoio da NovaDutra, concessionária que administra a Rodovia Presidente Dutra, realizou na manhã de ontem o primeiro Comando de Produtos Perigosos de 2009, no trecho da 9º Delegacia da PRF. A vistoria aconteceu no posto do KM 311, na entrada do bairro Penedo, em Itatiaia. De acordo com o inspetor-chefe da 9ª Delegacia da Polícia Rodoviária Federal, Carlos André Nogueira, a fiscalização teve como foco os veículos de carga que transportam produtos perigosos, como inflamáveis, corrosivos, tóxicos, explosivos e radioativos. "Verificamos as condições dos veículos, dos motoristas e as documentações, com o objetivo de prevenir e evitar acidentes com veículos transportando este tipo de carga, de forma a garantir segurança aos usuários da rodovia e a todos que de alguma forma possam ser afetados no caso de um acidente envolvendo carga perigosa", comenta Nogueira.

Durante a fiscalização, a PRF notificou três veículos que transportavam produtos perigosos irregularmente. Durante quase quatro horas foram fiscalizados onze veículos e emitidas três multas. O documento de um veículo foi retido pelos policiais rodoviários, por apresentar irregularidades. De acordo com a empresa NovaDutra o principal objetivo da ação feita em parceria com a Polícia Rodoviária Federal foi reduzir o risco de acidentes através da avaliação das condições de tráfego, de segurança e de documentação dos veículos, além do estado de saúde dos motoristas. Lei Seca No último domingo, no km 304,5 da BR 116, em Resende, foi preso pela PRF, Edson José Pereira, 36 anos, por conduzir em estado de embriaguez alcoólica o veículo Ford/Escort Hobby, placa KOT-2722, do Rio de Janeiro.

O motorista envolveu-se em acidente com vítima na rodovia, tendo batido na lateral com a motocicleta Honda/CG125 Titan, placa LNI-0678, do Rio de Janeiro, conduzida por Samuel Pereira Leal, 29 anos, o qual teve lesões leves, sendo encaminhado ao Hospital de Emergência de Resende. Durante a ocorrência, os policiais rodoviários suspeitaram da atitude de Edson, o qual evitava dirigir a palavra aos policiais, respondendo às perguntas com gestos. Submetido ao exame de etilômetro, constatou-se um nível de 0,92 mg/L, caracterizando crime de trânsito. De acordo com Nogueira, os PRF's deram voz de prisão a Edson José e lhe encaminharam à 89ª Delegacia Legal, em Resende. "Ele foi preso em flagrante e além de ter sido multado em R$ 957,74, poderá ter o direito de dirigir suspenso por até um ano", comenta o inspetor chefe.


Voltar para:
Fiscalizações de Produtos Perigosos