Fiscalização de cargas perigosas emite 38 autuações em um dia
Fonte: Gazeta Rádios e Internet, 12/02/2009

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) emitiu 38 autos de infração somente nesta quarta-feira (11) durante fiscalização das condições de transporte de cargas perigosas na BR 262, em Viana. Foram conbradas dos condutores e transportadores as exigências do Código de Trânsito e regulamentações para o transporte de produtos perigosos, como ferramentas e materiais de emergência para pronto-emprego em caso de acidentes ou vazamentos. De acordo com a corporação, o que se viu, no entanto, foi muito desrespeito às condições mínimas de transporte.

Além dos 38 autos de infração lavrados, cinco veículos de carga ficaram retidos. Foi a primeira fiscalização específica a esse tipo de transporte em 2009. A realização na semana que antecede o feriado de Carnaval tem o objetivo de disciplinar os condutores profissionais que operam diariamente com essas substâncias. Produtos perigosos, para a fiscalização de trânsito, são aqueles que, por suas características, apresentam risco na manipulação, acondicionamento ou transporte.

As faixas de risco e a forma de transporte são recomendadas pelas Nações Unidas, que diferenciam esses materiais entre explosivos, inflamáveis, radioativos, corrosivos, dentre outros. A PRF alerta que qualquer acidente com produtos inflamáveis, explosivos ou corrosivos pode trazer conseqüências graves não apenas aos condutores, mas também à população que mora às margens das rodovias e aos ecossistemas hídricos, principalmente rios e lençóis freáticos.

Voltar para:
Fiscalizações de Produtos Perigosos